Geração perdida

Há pouco tempo tive uma conversa com um amigo (@darkteco) e me deparei com a seguinte questão, estaria a próxima geração perdida, ou isso seria apenas reflexo de um pensamento atrasado que não estaria acompanhando as novas tendências e mudanças da sociedade?

Parei para pensar nisso e rapidamente descartei a segunda opção, afinal como posso não acompanhar a nova geração, se eu praticamente sou parte dela, tendo apenas uma diferença de um ou dois anos para esse novo expoente da juventude, então fica a duvida, em dois anos uma geração inteira pode se perder, ou sou apenas uma das poucas pessoas que não se adéquam a própria década?

Cheguei à conclusão que o problema não está comigo, mas sim em meus valores, fui criado e sempre mantive contato com a literatura, por exemplo, mas não apenas aquelas histórias fantasiosas que seguem a receita:

Mocinha(o) + descaracterização de mitos + historia rasa = Best-Seller

Tive contato com esse tipo de historia, mas em iguais (se não maiores) doses de literatura mais clássica, daquele tipo de historia que te faz pensar, também nunca fui um escravo completo da televisão, ou do videogame, sempre fui muito eclético em meus gostos e atitudes.

Ao pensar um pouco mais percebi onde estaria o problema, o mundo está mais dinâmico e a própria cultura se tornou mais dinâmica, enquanto isso pode ser algo bom para alguém que já possua certo conhecimento e saiba diferenciar o que lhe agrega valor, do que aquilo que deve ser descartado e para sempre esquecido, para aqueles que ainda não tem uma (por assim dizer) mente sedimentada, essa cultura mais dinâmica se torna mais rasa fazendo com que os pensamentos por ela influenciados também se tornem mais rasos e secos.

Essa falta de profundidade se torna mais evidente a cada ano, pois vem se acumulando e acaba criando monstros, quem não se lembra do caso das pulseirinhas “do sexo”, ou então do “Vodca no olho” para ficar bêbado mais rápido e de outras tantas babaquices, são muitos casos que denotam não apenas uma moral deturpada, mas também uma falta de cultura geral e senso critico.

A internet apesar de ser o repositório de conhecimento geral mais utilizado, também é um dos que possuem mais linhas e linhas de falsas informações e de conteúdo rápido e de fácil absorção e de baixo valor, em sua intricada rede acaba por levar um conhecimento raso que não será aprofundado se o usuário não se dedicar a dar uma pequena pesquisada sobre o assunto, mas infelizmente muitos não possuem o tempo, ou o desejo de se aprofundar culturalmente gerando assim uma vida mais rasa e (para mim) sem sentido aparente.

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s